Edifício histórico de Veneza reabre ao público

Atualizado: 2 de mai.



O edifício histórico de Veneza – Procuratie Vecchie, na Praça São Marcos foi aberto ao público, após um extenso trabalho de recuperação de cinco anos realizado pelo arquiteto de Milão, David Chipperfild, revelando e apresentando o patrimônio do edifício, criado para um novo propósito social e internacional. A iniciativa tem patrocínio dos Ministérios da Cultura e do Turismo italiano.


De acordo com o CEO do Grupo Generali, Philippe Donnet, A reabertura do Procuratie Vecchie representa um momento histórico, tanto para a comunidade local como para a internacional. "Após cinco séculos, este edifício mundialmente famoso ainda reflete parte da missão original dos procuradores: ajudar os mais vulneráveis da sociedade. Ele é a sede da nossa iniciativa The Human Safety Net e será um local de troca de ideias e diálogo para superar os grandes desafios sociais do mundo atual." Explica o CEO.


Phlilippe ainda comenta que essa é a melhor maneira de encerrar as comemorações de 1990. "Um espaço aberto a todos que também apoiam integralmente o projeto de fazer de Veneza a capital mundial da sustentabilidade. Não poderia haver melhor maneira de encerrar as comemorações de 190 anos do Grupo, iniciadas no ano passado e agora ainda mais especiais por conta do anúncio de nossa parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Agradeço a todos aqueles que tornaram possível alcançar este marco da história do nosso Grupo.” Finaliza.



Impacto Social


Aberto ao público pela primeira vez, o edifício de mais de 500 anos que se estende por todo o lado norte da Praça São Marcos será a nova casa do programa da Generali The Human Safety Net e ajudará as pessoas em situação de vulnerabilidade social para que possam melhorar as condições de vida de suas famílias e comunidades.


O terceiro andar apresenta a exposição ‘A World of Potencial’ com a curadoria de Orna Cohen da Digalogue Social Enterprise. Ele oferece aos visitantes uma experiência personalizada do The Human Safety Net, do seu propósito e do trabalho com pessoas desfavorecidas em 23 países. O caminho da exposição também ajuda os visitantes a se conectarem com seu potencial pessoal, explorando seus próprios pontos fortes, permitindo que eles vejam as melhores qualidades nas pessoas ao seu redor.


Na outra extremidade do edifício, o The Hall é um novo auditório de última geração para sediar simpósios, congressos e eventos internacionais que têm como objetivo a sustentabilidade em sua essência. Será um local para ampliar a conversa global sobre as questões em que o The Human Safety Net trabalha: desenvolvimento na primeira infância, parentalidade, impacto social, inclusão e empreendedorismo social.


No coração do terceiro andar, o The Hub é um espaço de coworking onde as equipes da The Human Safety Net, seus parceiros de ONGs, beneficiários do programa e voluntários podem se encontrar e colaborar com um propósito comum, bem como visitar o The Café administrado por Illy.

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

ACOMPANHE NAS REDES

EM DESTAQUE