• Jéssica Paula

05 cidades acessíveis na Europa






Por ser território conhecido como Velho Continente, há quem acredite que acessibilidade não seja o ponto forte do turismo europeu. Estão errados? Com certeza!


Na Europa, a preocupação em tornar espaços públicos locais mais acessíveis é uma tendência que vem sendo seguida por muitas cidades, tanto pela preocupação com as pessoas que vivem com algum tipo de deficiência física, mas também com idosos, uma vez que o evelhecimento da população trouxe essa demanda.


Pensando nisso, confira uma seleção especial de cinco cidades incríveis para se conhecer na Europa e que se preocupam em abrir as portas para todas as pessoas - independente de suas condições físicas:



1 - Luxemburgo




Uma das cidades mais acessíveis da Europa é também capital de um dos menores países do continente.


Luxemburgo vai fazer você perder o fôlego assim que a avistar ao longe, e se engana quem acredita que as gigantescas muralhas que compõem o visual e a história da cidade são uma barreira.


Além de contar com hostels e hotéis acessíveis, Luxemburgo possui elevadores panorâmicos em diferentes pontos que ligam a parte alta à barte baixa da cidade, fazendo com que as construções históricas possam ser apreciadas sem preocupação.


Além disso, esse lugar encantador ganhou espaço nas revistas e blogs de turismo ao se tornar o primeiro país do mundo a oferecer transporte público gratuito para qualquer pessoa em todo território nacional.



2 - Roma (Itália)



A cidade das sete colinas também é acessível a pessoas com dificuldade de locomoção e várias de suas atrações contam com acesso para cadeira de rodas. Roma também é conhecida por ser uma das cidades com maior número de hotéis com acessibilidade em suas acomodações.


Além disso, pessoas com deficiência e seus acompanhantes têm direito à meia entrada em muitas atrações como no Vaticano, Coliseu e nos principais museus da cidade.



3 - Viena (Áustria)



Você vai se surpreender assim que chegar nessa cidade romântica, histórica e repleta de belezas arquitetônicas. Isso porque já nos banheiros do aeroporto você vai perceber que há um outro nível de acessibilidade. Antes de abrir a porta do toalete, observe que há dois botões para você apertar. Um para abrir e outro para fechar a porta automaticamente. O mesmo acontece do lado de dentro do banheiro. Nesses botões, também há inscrições em braile.


No restante da cidade, nas principais atrações turísticas e estações de metrô não é difícil encontrar acesso a elevadores. E durante o planejamento de sua viagem, verá que há uma variada opção de hostels que contam com facilidades como elevadores e rampas que dão acesso aos quartos.


Clique aqui para obter informações no site oficial sobre acessibilidade em Viena.




4 - Colônia - Alemanha




A encantadora cidade de Colônia já foi vice-campeã no quesito acessiblidade do Access City Award, no ano de 2011 - prêmio que reconhece as cidades mais acessíveis da União Europeia.


Ao sair da estação central da cidade, o turista vai se deparar com a icônica catedral, a Kölner Dom. Apesar das escadas que há logo em frente, o elevador de acesso ao centro histórico da cidade se destaca, sendo de fácil localização.


Da mesma forma, é simples perceber que lojas, restaurante e museus tem pisos nivelados à calçada ou contam com rampas.


A cidade também conta com um site especializado em fornecer informações para turistas com deficiência ou dificuldade de locomoção, que pode ser acessado clicando aqui.




5 - Interlaken (Suíça)




Por ser rodeada pelos alpes, essa pequena cidade no meio da Suíça está inclusa na lista por uma razão especial. A escolha se justifica porque Interlaken é a base para acessar o topo da Europa.


E, ao contrário do que muitos podem imaginar, não é necessário ser alpinista para se aproximar do pico da montanha mais alta do continente, a Jungfrau. Esse trajeto pode ser feito de trem.


A cidade de Interlaken conta com hostel com acessibilidade e o trajeto até Jungfrau é simples de ser feito. No entanto, apenas uma pequena conexão de trem não conta com total acessibilidade, mas os funcionários do local estão preparados para fornecer a ajuda necessária tornando a viagem extremamente viável.


Veja todas as informações clicando aqui.