Avianca retoma voos entre Brasil e Colômbia





Após autorização do Governo Nacional da Colômbia, a Avianca retoma a operação nas rotas São Paulo-Bogotá-São Paulo e Rio de Janeiro-Bogotá-Rio de Janeiro a partir de 2 de julho 2021.

Os voos já estão disponíveis para venda no site www.avianca.com, no aplicativo mobile e na rede de agências de viagens. Os passageiros que já possuíam passagens na Avianca podem remarcá-las sem custos adicionais, conforme disponibilidade. Esse processo pode ser feito também pelo site da companhia aérea ou pelo canal de compra original.


Os voos serão operados em aeronaves Airbus 320 neo, com capacidade para 150 passageiros e os viajantes do Brasil terão a possibilidade de realizar conexões em Bogotá para mais de 24 destinos na Colômbia e mais de 20 destinos internacionais, entre os que se encontram os destinos de preferência dos brasileiros como Cancún, Punta Cana e mais de 8 cidades dos Estados Unidos.

David Alemán, Country Manager da Avianca para a América Central e do Sul, disse que “o Brasil é um mercado altamente relevante para a Avianca. Temos o prazer de retomar nossos voos regulares diretos de São Paulo e Rio de Janeiro para Bogotá, para continuar conectando o mundo com a América Latina. Continuaremos a aplicar os mais rígidos protocolos de biossegurança em toda a nossa operação para cuidar da saúde de nosso pessoal e de nossos clientes ”.


Empresas Diferentes


É importante lembrar que embora possua o mesmo nome, aquela Avianca Brasil, que deixou de realizar voos dentro do país, é uma empresa distinta da Avianca Internacional, que segue funcionando apesar das dificuldades com a pandemia.


Entrada na Colômbia


Segundo o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, a Colômbia exige a apresentação de resultado negativo de exame PCR, realizado com até 96 horas de antecedência ao embarque, para o ingresso no país por meio aéreo.


É permitido, no entanto, o embarque de passageiros que manifestem verbalmente que tiveram dificuldades para realizar o exame ou obter o resultado em tempo hábil.


Nesses casos, o viajante poderá:

i) realizar a exame PCR na Colômbia e aguardar o resultado negativo em isolamento;

ii) realizar isolamento preventivo durante 14 dias ou pelo prazo determinado pela autoridade sanitária.


  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

ACOMPANHE NAS REDES

EM DESTAQUE