Buraco Azul, saiba como local virou atração turística no Ceará



À primeira vista, o Buraco Azul parece uma beleza natural como tantas outras que o próprio planeta Terra é capaz de formar. Mas foi uma interferência do homem que fez com que ele surgisse neste pedacinho do litoral oeste do estado, em Caiçara, distrito do município de Cruz, a cerca de 20km da disputada Jericoacoara.


Tudo começou com o trabalho de escavações e retirada de terra para a construção de uma rodovia, a CE-182. Parte da terra, por exemplo, foi usada para pavimentação desta via, num trecho de 13km de extensão, ligando a CE-85, até então a principal estrada entre Fortaleza e Jericoacoara, até a chamada Praia do Preá, na mesma cidade de Cruz (e hoje um dos principais acessos à Jeri). A repaginada CE-182 foi inaugurada em 2018 e facilitou muito o acesso de carros de passeio até Jeri, que, afinal, é a grande estrela turística da região.


As escavações deixaram grandes áreas abertas nas imediações, como a que acabou se transformando no Buraco Azul, que chega a ter 7m de profundidade em alguns trechos. E aí, sim, entra uma mãozinha da natureza. Foi em 2017, depois do período mais chuvoso no Ceará - de fevereiro a maio - que o lugar teve sua primeira cheia.



No ano seguinte, novas chuvas ajudaram a elevar o nível de água, que acumulou também graças ao que é proveniente de lençóis freáticos. Mas foi somente em 2019, quando a estação chuvosa foi mais intensa na região, que a cheia no lugar chegou a seu limite máximo, chamando ainda mais a atenção de moradores e comerciantes locais, já atentos à possibilidade de o lugar virar um ponto turístico. Nascia então uma lagoa, mais tarde batizada de Buraco Azul.


O grande chamariz está explícito no nome: a água de cor azul turquesa. Visto do alto, o Buraco Azul parece uma imensa piscina, mas cercada de vegetação como cajueiros e com as bordas branquinhas. Seria o fundo branco, aliás, combinado com a incidência do reflexo da luz solar e a qualidade da água (com pouco material em suspensão, sem bactérias para absorver a cor) que ajudaria a dar o azul intenso à lagoa.



Fonte: Site IG

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

ACOMPANHE NAS REDES

EM DESTAQUE