• Jéssica Paula

Como viajar de graça nos aviões da FAB




Você sabia que é possível viajar sem pagar nada a mais por isso, nos aviões da Força Aérea Brasileira?


Bom, eu digo "nada a mais" porque claro que nossos impostos já estão sendo utilizados aí também. Agora, vou te explicar como isso funciona.


Existe um serviço chamado Correio Nacional Aéreo que é um serviço postal militar brasileiro iniciado em 1931 com objetivo de integrar diversas regiões do país.


Os aviões, hoje, são utilizados para missões da Força Aérea como transportar encomendas, mantimentos, militares e autoridades. Mas, se sobrar vaga no avião, os civis também têm direito a pegar uma "carona" nesses voos que acontecem entre 16 cidades brasileiras.


Na verdade podem haver voos para qualquer cidade brasileira, desde que haja alguma missão por lá. No entando os trechos mais comuns são entre São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro. Os trechos de ida e volta de Brasília para Manaus também acontecem com bastante frequência.


Essa "carona" acontece porque como o dinheiro para abastecer as aeronaves vêm da União, é uma forma de não desperdiçar as viagens com avião vazio.


O que é preciso fazer




Para isso é preciso fazer um cadastro no CAN, (os telefones para você entrar em contato estão logo abaixo, no fim desta reportagem). Ao se cadastrar você já vai dizer qual a cidade de partida e de chegada. O CAN tem até 10 dias para te dar uma resposta.


Caso não haja voo ou vaga nos voos dentro do período de 10 dias, é necessário renovar seu cadastro.


Se houver vaga, eles vão entrar em contato com você dizendo a hora e local em que você deve estar para poder embarcar.


Assim, que fizer o cadastro é importante estar preparado. São comuns relatos de disponibilidade que surgiram dia um dia para o outro o passageiro precisava estar pronto para o embarque no dia seguinte.


A inscrição de menores de 18 anos pode ser feita apenas pelos pais ou responsáveis legais. Passageiros de até 12 anos só podem viajar acompanhados de um adulto.



O que é permitido levar nos voos gratuitos




Os passageiros podem levar, no máximo, 15 quilos de bagagem e devem ficar atentos a restrições de vestimentas. Não é permitido viajar usando calções, bermudas, tamancos e chinelos, regatas ou roupas e acessórios que contenham propaganda político-partidária ou com inscrições ou figuras que possam ser polêmicas. Escolha uma roupa básica, neutra e confortável para não ter seu embarque barrado!


Para saber detalhes sobre os destinos, a frequencia de voos ou qualquer outra informação sobre essas viagens gratuitas, entre em contato com o Posto CAN mais perto da sua casa através dos telefones abaixo:

Região Sul:

Canoas/RS - (51) 3462-5166

Florianópolis/SC - (48) 3229-5021

Santa Maria/RS - (55) 3220-3309

Região Sudeste:

Pirassununga/SP - (19) 3565-7025 / 3565-7205

Rio de Janeiro/RJ – (21) 2138-4020 / 2138-4215 / 2138-4212

São Paulo/SP - (11) 2465-2038 / 2465-2039

Região Centro-Oeste:

Brasília/DF - (61) 3365-1002

Campo Grande/MS - (67) 3368-3126

Região Norte:

Belém/PA - (91) 3182-9327

Boa Vista/RR - (95) 4009-1036

Manaus/AM - (92) 2129-1729

Porto Velho/RO - (69) 3211-9722 / 3211-9725

Região Nordeste:

Fortaleza/CE - (85) 3216-3195

Natal/RN - (84) 3644-7135 / 3644-7136

Recife/PE - (81) 2129-8421

Salvador/BA - (71) 3377-8225



Voos na Pandemia


Podem haver restrições de viagem devido à pandemia do novo coronavírus. Por isso, a melhor forma de acompanhar o serviço é entrando em contato com o CAN da sua cidade.