Dez curiosidades sobre o Airbus A380, o maior avião de passageiros do mundo




Maior avião comercial do mundo, o Airbus A380 não será mais fabricado. A última unidade decolou essa semana para uso da Emirates, a companhia que surpreende com um serviço impecável nesse jumbo de dois andares de ponta a ponta.


Confira as principais curiosidades que giram em torno desse avião que fez e ainda faz história:



575 toneladas


O Airbus A380 tem um peso máximo de decolagem de 575 toneladas. Para se ter uma ideia, um A320 tem peso máximo de decolagem de 79 toneladas. Na hora do pouso, no entanto, o peso máximo do A380 cai para 394 toneladas. A diferença está relacionada à queima de combustível durante o voo.



320 mil litros de combustível


Por falar em combustível, o A380 pode ser abastecido com até 320 mil litros de querosene de aviação nos tanques, localizados na asa e embaixo da fuselagem. Esse combustível permite ao A380 ter uma autonomia para voar 14,8 mil quilômetros de distância.



853 passageiros




O maior avião de passageiros do mundo pode levar até 853 passageiros se for configurado apenas com a classe econômica. No entanto, como as companhias aéreas dividem a cabine em primeira classe, executiva e econômica, a capacidade do A380 varia entre 400 e 550 passageiros.



US$ 445,6 milhões


Além de maior, o A380 é também o avião de passageiros mais caro do mundo. O preço de tabela do modelo é de US$ 445,6 milhões (cerca de R$ 2,4 bilhões). Esse valor pode mudar de acordo com as negociações entre a Airbus e a companhia aérea, além do tipo de configuração contratado.



340 quilômetros


Projetado para voos de longa distância, o voo regular mais curto do A380 tinha apenas 340 quilômetros, de distância entre Dubai (Emirados Árabes Unidos) e Mascate (Omã). Por conta da pandemia, a Emirates passou a utilizar o Boeing 777 na mesma rota.



14 companhias aéreas


Apenas 14 companhias aéreas em todo o mundo contam com o Airbus A380 em suas frotas. A Emirates é a principal operadora do modelo. A empresa árabe tem 117 unidades na frota e mais cinco a receber. As demais companhias aéreas que voam com o modelo são: Air France, All Nippon Airways, Asiana Airlines, British Airways, China Southern Airlines, Etihad Airways, Korean Air, Lufthansa, Malaysia Airlines, Qantas, Qatar Airways, Singapore Airlines, Thai Airways.



Potência de 386 carros de F1


Os quatro motores Engine Alliance GP7200 que equipam o A380 produzem, juntos, 230 megawatts de potência total. Isso equivale a 308.430 cavalos de potência durante a decolagem. Como um carro de Fórmula 1 tem cerca de 800 cavalos de potência, a força gerada pelos quatro motores do A380 equivale a 386 carros de Fórmula 1.



22 rodas no trem de pouso




Para sustentar o maior avião de passageiros do mundo, são necessárias 22 rodas no trem de pouso do A380. A estrutura completa é dividida em cinco partes, sendo duas abaixo das asas, duas sob a fuselagem e uma no nariz do avião. A cada dez anos, o trem de pouso precisa ser trocado por completo, um processo que demora 14 dias para ser concluído.



7º mais comprido do mundo


Apesar de maior em capacidade de passageiros e peso, o Airbus A380 é apenas o sétimo mais comprido do mundo, com 72,7 metros. O ranking inclui aviões de carga e de passageiros:

  1. Antonov AN-225 (84 metros)

  2. Boeing 747-8 (76,3 metros)

  3. Airbus A340-600 (75,36 metros)

  4. Lockheed Martin C-5 Galaxy (75,31 metros)

  5. Boeing 777-300 (73,8 metros)

  6. Airbus A350-1000 (73,7 metros)

  7. Airbus A380 (72,7 metros)



251 unidades vendidas


Prestes a ter sua produção encerrada, o A380 conta atualmente com 246 unidades entregues a companhias aéreas. Restam apenas cinco a serem produzidas. Assim, o maior avião de passageiros do mundo vai ter tido apenas 251 aeronaves fabricadas em toda a sua história.




  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

ACOMPANHE NAS REDES

EM DESTAQUE