Vai viajar para os EUA pela primeira vez? Anote essas dicas



Se você tem vontade de conhecer os Estados Unidos e nunca realizou uma viagem ao país, saiba que é preciso se programar com antecedência! Para te ajudar, listamos os principais passos e orientações para você viajar aos EUA pela primeira vez!

Além de questões relacionadas a documentações, com passo a passo para conseguir tudo, vamos te apresentar as regras vigentes na fronteira e indicações de valores em alguns dos principais destinos estadunidenses!

Antes de mais nada, você precisará de um passaporte válido como documento principal. Se você ainda não possui, preencha o formulário da Polícia Federal (PF), realize o pagamento da taxa do documento, após essas etapas, agende uma data para levar os documentos solicitados à PF.

Com o passaporte em mãos, você poderá dar entrada no seu visto para viajar aos EUA. Independente do motivo da sua viagem, todos os estrangeiros, que não sejam cidadãos estadunidenses, necessitam do documento.



Como tirar o visto para os Estados Unidos



Primeiro passo: Antes de começar o pedido do documento, se for para turista, o visto é o B2.

Após isso, dê início ao processo de pedido de visto preenchendo a Solicitação de Visto de Não Imigrante Online (DS-160).


Imprima a confirmação de preenchimento do formulário e não esqueça de anotar dados como o ID da solicitação e a pergunta de segurança que você criou. Elas serão utilizadas posteriormente.


Segundo passo: Crie uma conta no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) e selecione o tipo de visto que você tem interesse. Faça o pagamento da taxa de solicitação e, só então você estará autorizado a agendar o atendimento em uma embaixada ou consulado estadunidense. A escolha de local, data e horário são feitos no site do CASV.


No Brasil, é possível solicitar visto na Embaixada dos EUA em Brasília ou nos Consulados do Rio de Janeiro, Recife ou Porto Alegre. Não esqueça de imprimir a página de confirmação de agendamento do CASV.


Terceiro Passo: Com seu passaporte, o documento de confirmação da solicitação DS-160 com o código de barras e a confirmação do agendamento no CASV, compareça ao local de agendamento para a coleta de digitais e foto.


Posteriormente, você poderá seguir para a entrevista, última etapa para conseguir o visto. Normalmente, o agendamento para finalizar o cadastro do CASV e o agendamento da entrevista são feitos separadamente e você precisará comparecer na embaixada ou consulado mais de uma vez.


Quarto Passo: Passando pela entrevista, é só aguardar para saber se eu visto será liberado.

Apesar desse processo ser o mais temido por muitos viajantes, não tem segredo. Durante a entrevista, mantenha a calma e seja sincero. O importante é confirmar que todas as informações dos seus formulários coincidem com o que você irá falar ao responder as perguntas.


Passagem pela imigração



Esta é mais uma etapa em que basta você responder estritamente as perguntas que forem feitas com honestidade e ter todas as documentações necessárias em mãos. Com isso, você entrará no país tranquilamente para aproveitar sua viagem!

Algumas perguntas comuns feitas na imigração são:

  • O motivo da viagem;

  • Quanto tempo você ficará no país;

  • Qual o seu destino final;

  • Se possui passagem de volta.

Além do passaporte com visto válido, tenha em mãos:

  • Comprovação de recursos para a viagem;

  • Comprovações de hospedagem;

  • Documentações vigentes para entrada de turistas durante a pandemia (confira detalhes abaixo).


Entrada de brasileiros nos Estados Unidos (atualização em março de 2022)



De forma geral, a entrada de brasileiros nos Estados Unidos está sujeita a apresentação do certificado de vacinação e um teste de antígeno ou RT-PCR negativo para covid-19. Os exames precisam ter sido realizados, no máximo, 72 horas antes do embarque. Esta regra é válida para todos os viajantes com mais de 18 anos.


Os EUA reconhecem todas as vacinas administradas oficialmente no Brasil, incluindo as de uso emergencial definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como a CoronaVac. Assim, qualquer brasileiro que comprove a imunização completa pelo certificado de vacina está apto a entrar em solo estadunidense, diante das regras de contenção da covid-19.


Lembrando que, para retornar ao Brasil, é preciso realizar teste de covid-19, ter o comprovante de vacinação e preencher a Declaração de Saúde do Viajante da Anvisa.

Se estiver nos Estado Unidos, você pode realizar o exame de contaminação para o vírus sem precisar pagar.



Fonte: Site Estevam Pelo Mundo

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

ACOMPANHE NAS REDES

EM DESTAQUE