Santa Catarina: 14 destinos para conhecer e aproveitar melhor o estado



Já ouviu falar em turismo regional? Quando o assunto é viagem, essa é uma modalidade que já virou tendência no mundo todo, inclusive em Santa Catarina. Com a pandemia e seus reflexos, cada vez mais as pessoas têm optado por destinos próximos, buscando conhecer as belezas do próprio estado, celebrar a sua cultura e, claro, se divertir.


Pensando nisso, listamos 14 destinos espalhados pelo estado de Santa Catarina. A lista é composta por belas paisagens e muita cultura:


Caminho dos Príncipes



O Caminho dos Príncipes fica no Planalto Norte de Santa Catarina e é formado pelas cidades: São Bento do Sul, Rio Negrinho e Campo Alegre. Os destinos são ótimos para os catarinenses que adoram aventura e ecoturismo. Em São Bento do Sul podemos destacar a Estrada Dona Francisca – e o mirante, além da Rota das Cachoeiras e o famoso Morro da Igreja – ótimo para a prática de rapel.


Rio Negrinho também é uma ótima opção para quem gosta de relaxar e curtir a natureza ou, ainda, praticar esportes radicais. Vale conferir o passeio de Maria Fumaça pela Serra do Mar. Já Campo Alegre surpreende com montanhas, recantos naturais, trilhas e atividades de tirar o fôlego.


Caminhos da Encosta da Serra Catarinense



Visitar o Sul de Santa Catarina pode ser muito divertido. A região conta com 32 cidades, entre elas Orleans e Grão-Pará, referências em turismo rural e agroturismo. História e cultura, belas paisagens, praias e atividades diversas são os destaques da região. Vale conferir o Museu Ao Ar Livre Princesa Isabel, o Caminho das Pitayas e a Serra do Corvo Branco.


Costa Verde & Mar



Para os catarinenses que preferem viajar para o litoral, a região Costa Verde & Mar é uma ótima opção. O verde-esmeralda das águas – por isso o nome – é um dos destaques de lá. Se você fizer uma viagem em família, Balneário Camboriú é ideal. A cidade conta com várias atividades: praia, cinema, museus e mais.


O Classic Car Show, Museu de Carros Antigos e o Oceanic Aquarium são dois lugares muito interessantes para serem visitados com a família. E para quem gosta de belezas naturais, Itajaí é um prato cheio. Um dos destaques é o Parque Natural Municipal do Atalaia, que oferece recreação ao ar livre e até voo livre para apreciar a natureza lá do alto. Destaque também para as igrejas e casarões do início do século XIX – um passeio especial para os catarinenses que amam história.


Encantos do Sul



Uma opção especial para quem gosta de história e natureza. Na região Encantos do Sul pode-se encontrar de tudo: história, natureza, gastronomia e muito mais. Ela é composta por 32 municípios, entre eles Laguna – terra de Anita Garibaldi -, Imbituba e Garopaba.


As três cidades formam o principal berçário das Baleias Francas e, inclusive, é possível vê-las. Em São Martinho, que também faz parte da região, o turismo rural se faz presente. E em Tubarão e Urussanga, conhecida como um “pedacinho da Itália no Brasil”, a gastronomia e o lazer são garantidos.


Grande Florianópolis



Não é novidade que a capital do estado seja repleta de belezas naturais. Florianópolis, carinhosamente conhecida como “Floripa”, conta com praias exuberantes, que podem agradar tanto a família, quanto os surfistas: Daniela, Lagoa do Peri, Joaquina, Barra da Lagoa e Jurerê Internacional são exemplos disso.


Para aqueles que preferem passeios históricos, Santo Antônio de Lisboa é uma ótima opção – a arquitetura açoriana e os pratos à base de frutos do mar são uma tradição da cidade. E, falando em arquitetura, vale passear pela Ponte Hercílio Luz, na região central da capital e admirar a cidade lá do alto.


Serra Catarinense



Conhecida como a região mais fria do Brasil, a Serra Catarinense é o destino ideal para quem gosta de natureza, gastronomia, e claro: dias mais frios. Ela é composta por 17 municípios que têm como paisagem florestas de araucárias, grandes cânions, rios, cachoeiras, vales e mais.

Nas regiões de Urubici, Urupema, Bom Jardim da Serra e São Joaquim, você pode conhecer: o Morro da Igreja e a Pedra Furada; a Serra do Corvo Branco; o Parque Quedas do Avencal; a Serra do Rio do Rastro; além de apreciar a gastronomia local, que se destaca pelas vinícolas.


Vale das Águas



Depois de tantos lugares que já indicamos aqui, essa é uma região para curtir, relaxar e cuidar de si. O Vale das Águas é composto por 11 municípios e fica no Oeste do Estado. Ele leva esse nome por causa das águas termais ou naturais – além das igrejas e santuários, fortalecendo o turismo religioso.


Em Quilombo vale conhecer o Salto Saudades, uma cascata muito comparada com as quedas do Iguaçu – em uma versão menor. Em São João a atração é o complexo de águas Termas de São João, com piscinas internas e externas com hidromassagem. E, em São Carlos os destaques ficam para o Balneário de Pratas e as praias à beira dos rios Chapecó e Uruguai.


Caminho dos Canyons



Os Cânions catarinenses são uma ótima pedida para quem gosta de natureza. Os do Parque Nacional de Aparados da Serra e da Serra Geral são alguns dos mais visitados pelo estado e marcam limite entre Santa Catarina e o Rio Grande do Sul.


Além dos cânions, a região também conta com campos, serras, trilhas ecológicas, rios, cachoeiras, lagoas e praias. Destaque para o Morro dos Conventos, em Araranguá; Canyon Fortaleza, em Jacinto Machado e, o Canyon Itaimbezinho, na Praia Grande.


Vale Europeu



Outro destino muito conhecido do estado é o Vale Europeu, composto por Blumenau, Pomerode e Timbó. A região, conhecida pela descendência italiana e alemã, encanta com a arquitetura, gastronomia e as tradições dos dois países, mantidas até hoje. Em Blumenau podemos destacar o Parque Vila Germânica, onde ocorre a Oktoberfest.


Se você vai passear com a família, vale conhecer o Zoológico de Pomerode, um grande centro de conservação da biodiversidade com 240 espécies de aves e outros animais. Agora, para quem gosta de andar de bicicleta, o lugar é Timbó – a cidade é conhecida como a Capital Catarinense do Cicloturismo. Nela se inicia e termina a Rota Ciclística do Vale Europeu, com 300 km sinalizados.


Caminhos da Fronteira



Os Caminhos da Fronteira ficam no Oeste de Santa Catarina, divisa com o Rio Grande do Sul e com a Argentina. Conta com 18 municípios e muita diversidade cultural. Em São Miguel do Oeste, por exemplo, é possível aproveitar belezas naturais no Ateliê Flor e Ser e no Sítio Cherobin e Santos.


Em Guaraciaba, o Museu Histórico Edvino Carlos Hölscher é uma opção para quem gosta de história e artes. Já Anchieta é para aqueles que adoram o ecoturismo. Lá na cidade é possível visitar a Rota dos Cânions.


Caminhos do Alto Vale



Os Caminhos do Alto Vale são uma das mais novas regiões turísticas de Santa Catarina. É composto por 28 municípios, possui muitas belezas naturais – entre vales e cachoeiras -, além de muita cultura, arquitetura e gastronomia, devido aos povos colonizadores.


Em Taió as Cascatas e Corredeiras do Palmital são ótimas atrações para quem ama natureza e quer um contato mais próximo com ela. Já Ibirama, conhecida como a Capital Catarinense do Turismo de Aventura, é ideal para esportes como rapel, rafting, trekking, downhill, moto off-roads e gaiola-cross.


Caminhos do Contestado



A região fica no Planalto Norte de Santa Catarina e é composta por 11 cidades. É cenário do Tropeirismo e da Guerra do Contestado, portanto, se você gosta e quer aprender mais sobre a história do estado, é um bom lugar para visitar.


Muita cultura, gastronomia e arquitetura, além de paisagens inspiradoras, você encontra no Caminhos do Contestado. Destaque para o Museu da Terra e da Vida, em Mafra, que possui fósseis de plantas e animais que habitaram a região milhões de anos atrás e o Museu do Patrimônio Histórico, em Três Barras.


Grande Oeste



Considerada uma das regiões mais selvagens de Santa Catarina, Grande Oeste possui uma paisagem campeira, com cascatas, cachoeiras, estâncias de águas termais, turismo rural, gastronomia, museu e muitas atividades ligadas ao ecoturismo. Aproveite e conheça o Parque das Quedas, em Abelardo Luz; o Museu da Cultura Italiana, em Chapecó e o Alambique Refazenda, em Xanxerê.


Vale dos Imigrantes



Buscando uma região para um passeio mais calmo – e até romântico? O Vale dos Imigrantes é uma boa opção. Ele é repleto de cascatas, cachoeiras e passeios muito charmosos, como a Rota da Amizade, pelas cidades de Campos Novos, Joaçaba, Fraiburgo, Treze Tílias e Videira. Visitar os pomares de Fraiburgo, conhecida como a “terra da maçã”, também é interessante, assim como degustar os vinhos de Treze Tilhas.





  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

ACOMPANHE NAS REDES

EM DESTAQUE